Foto: https://www.casalmisterio.com/roteiro-pelo-alqueva-o-paraiso-de-sonho-1212990


“Barragem de Alqueva, o maior lago artificial da Europa, uma imensidão de água a perder de vista, rodeada de uma paisagem natural invejável. Pequenas «ilhotas», pequenos pedaços de terra que nos fazem sonhar com algo maior, mas nosso. E a Barragem de Alqueva é, de facto, nossa, tal como é nossa a sua cor, a sua tranquilidade e, sobretudo, a sua beleza e a vida que nela se concentra.

“Alqueva” é uma palavra derivada de “alqueive”, “terra de pousio” ou “deserta”, de solos secos, sedentos de água (…) A barragem fica situada no rio Guadiana, um dos mais longos da Península Ibérica, no Alentejo profundo, próxima da aldeia cujo nome é… Alqueva. É possível navegar no Guadiana até Mértola, uma vila alentejana interessante também, como todo o Alentejo! Esta «viagem» faz-se numa distância de cerca de 68 Km.

Os objetivos da construção da Barragem de Alqueva tiveram que ver com a produção de energia elétrica, mas sobretudo com algo que fosse origem de água, para a criação de um sistema de regadio para toda a zona alentejana. Seria esta uma forma de desenvolver a agricultura e, assim, também fazer frente ao problema do abandono da terra.

Mas outras atividades, também bastante apelativas, foram pensadas e dão mais vida à vida que já existe. Todo este movimento de ideias foi precioso, também, para a criação de um elevado número de postos de trabalho (…)

O que fazer no Alqueva

A nível de entretenimento, a albufeira de Alqueva proporciona o desenvolvimento de várias atividades de interesse turístico. Tem curiosidade em saber o que fazer no Alqueva? Venha daí! Afinal, há atividades para todos os gostos e personalidades.

Alqueva – Sentir uma descarga de adrenalina

Tudo o que há para fazer no Alqueva tem a ver com o espaço circundante. Para aqueles que gostam de viver com emoções fortes e vieram ao Alentejo para desmistificar a ideia de que aqui só há sossego, eis algumas sugestões.

  • Caça e pesca
  • Passeios pedestres
  • Passeios a cavalo
  • Passeios de avião e helicóptero
  • Voos em balão de ar quente
  • Passeios de barco no Alqueva
  • BTT
  • Barcos Casa
  • Desportos náuticos

Todas estas atividades na Barragem de Alqueva têm algo em comum, o contacto com a Natureza, com a fauna e flora de um lugar único e imenso.

A Barragem de Alqueva é também já conhecida como o «Mar do Interior», devido à sua dimensão e às infinitas possibilidades de recreação aquática que possibilita, desde a pesca de margem, à pesca embarcada, desportiva ou até de competição.

É importante saber que, na albufeira de Alqueva, existem oito cais flutuantes. Dois deles junto à barragem, e seis próximos de aldeias ribeirinhas, que servem, também, para apoio à navegação. Ficaremos a conhecer alguns mais abaixo…

Alqueva – Relaxar e desfrutar da paisagem

Será difícil encontrar, no mundo, melhor lugar para descansar do que nas terras da margem da Barragem de Alqueva… ou no próprio lago. Nas várias praias fluviais, para além de aproveitar as águas para se divertir, também pode relaxar numa cadeira, toalha ou com os pés a refrescar.

E o que diz de uma caminhada ao fim do dia entre planícies e pequenos montes cobertos de flores que recebem a primavera? Lembra-se dos tais barcos casa? Pode usá-los para fazer uma grande pescaria. Mas estes são igualmente o lugar ideal para sentir pulsar o coração do Alqueva. Lenta e descontraidamente, enquanto navega para descobrir paisagens a que pode chamar só suas.

O que visitar no Alqueva

A barragem abrange 5 concelhos alentejanos – Portel, Moura, Reguengos de Monsaraz, Mourão e Alandroal – e ainda os municípios espanhois raianos de Olivença, Cheles, Alconchel e Villanueva del Fresno. Dentro daqueles cinco concelhos há vilas e aldeias que, de modo diferente, tocam e são tocados pela beleza da Barragem de Alqueva. “

Fonte: https://www.visitevora.net/alqueva-barragem/