“A vila da Vidigueira está indelevelmente associada a Vasco da Gama, o navegador. O título de Conde da Vidigueira foi-lhe concedido em 1519 pelo rei D. Manuel I. Uma concessão que foi antecedida de um acordo entre Vasco da Gama e D. Jaime I, Duque de Bragança, em que este último vendia as vilas da Vidigueira e Vila de Frades a Vasco da Gama, seus herdeiros e sucessores, bem como todos os rendimentos e privilégios relacionados.

Convento de Nossa Senhora das Relíquias, Vidigueira Foto de: conhecesatuaterra.blogspot.com

Na igreja do Convento de Nossa Senhora das Relíquias, mais conhecida por Quinta do Carmo, na Vidigueira, estiveram depositados os restos mortais de Vasco da Gama cerca de três séculos e meio, antes de serem transladados para os Jerónimos.”

Fonte: expressodalinha.blogspot.com

A estátua em sua homenagem foi criada pelo escultor alentejano Hélder Baptista, de Vendas Novas, e colocada na principal Praça da Vidigueira, de seu nome Praça Vasco da Gama, em 25 de Outubro de 1970 para comemorar os 500 anos do seu nascimento.

As homenagens a Vasco da Gama e aos seus descendentes, que por aqui viveram, encontram-se por toda a Vila. Por tudo isto, é merecida uma visita atenta para conhecer e disfrutar do seu património histórico e arqueológico, aproveitando as riquezas do enoturismo e da gastronomia, e sem descurar das paisagens rurais desta terra tão rica de saberes e sabores.

Saudações Alentejanas

ti’Xico